Festa paulistana traz referências globais do tech house

Festa paulistana traz referências globais do tech house

2
155
0
segunda-feira, 2 de abril de 2018
festa
Próxima edição da E.TECH terá expoentes internacionais e destaques brasileiros

A dupla britânica Prok & Fitch tem seu nome seu nome cravado no cenário eletrônico mundial e é referência quando se fala em tech house. Formada por Ben Prok e James Fitchno ano de 1997 em Brighton, na Inglaterra, o duo figura entre os artistas mais vendidos do Beatport.

Além do reconhecimento recebido por DJs de peso como Marco CarolaCarl Cox e Matthias Tanzmann, Prok & Fitch também aparecem constantemente na programação da BBC Radio 1. Eles alcançaram o topo das paradas do Beatport diversas vezes, e em 2016 conseguiram se manter como número um durante impressionantes dez semanas com “Sheeple”, uma colaboração com o DJ Green Velvet.

Os DJs farão sua estreia em São Paulo com exclusividade para a mais uma edição da festa E.TECH Nos Trilhos, que acontece no próximo dia 06 de abril. Após apresentação única no país, o duo segue em turnê pelos Estados Unidos.

A próxima edição da E.TECH também vai contar com o búlgaro Metodi Hristov, que retorna ao país após algumas passagens de sucesso — na ocasião, ele tocará um long set. Metodi ingressou na indústria há quase uma década, em 2009, com o lançamento do seu primeiro EP Aquarelberry, pela label polonesa In Deep Records.

Em 2011, figurou pela primeira vez no Top 100 de tech house do Beatport com “I Hate Latino”, mas foi só em meados de 2013 que começou a ganhar real notoriedade no cenário, com o lançamento do seu primeiro álbum, It’s Too Much, via Witty Tunes.

Sua consagração final veio com a track “Step Outside”, de 2014, pela Glasgow Underground, apresentando um som mais maduro e técnico que o levou à atenção de nomes de peso da cena do gênero. No ano seguinte, com o nome já firmado no cenário, lançou a gravadora Set About, baseada na Bulgária, pela qual produziu seu último trabalho: o EP Impuls, lançado em janeiro deste ano, que conta com duas faixas inéditas.

A E.TECH retorna a um dos espaços mais emblemáticos do underground paulistano após um hiato de um ano usado para reafirmar seu direcionamento com o foco no tech house. A festa, que na edição anterior contou com Sidney Charles e Miguel Batista no lineup, tem como marca registrada o cenário industrial e acontece em uma estação de trem abandonada.

Para acompanhar os gringos nessa nova edição, a crew convocou dois nomes de peso da cena nacional. Um deles é o Albuquerque, dono da Radiola Records e residente do Warung Beach Club, que entra na pista após um aclamado set tocado no clube Caos, em Campinas, sucedendo ninguém menos que Marco Carola.

O outro é o gaúcho Do Santos, que figurou no Top 3 de minimal do mesmo portal de vendas com o single “Menina” (Acktivism Recordings, 2008), e figura novamente no ranking com seu mais novo trabalho. O EP Dynamics, lançado no início deste mês pela Lemon-aid Music, entrou para o Top 100 geral.

Quem encerra a festa é o paulista Nato Medrado, escolhido pontualmente pelo seu estilo original, marcado pelos sons de guitarra e violão de suas tracks. Nato lançou no ano passado um álbum de 14 faixas para a aclamada label de Armin van Buuren, a Armada Music.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *